Última hora

Em leitura:

Roma: Autarca enfrenta mais uma demissão do Executivo

mundo

Roma: Autarca enfrenta mais uma demissão do Executivo

Publicidade

Virginia Raggi enfrenta mais uma demissão no executivo da Câmara Municipal de Roma.

A primeira mulher eleita para liderar a autarquia da capital italiana vê agora sair o assessor na área das Finanças, Raffaele De Dominicis, nomeado há apenas quatro dias.

De acordo com a nota divulgada pela autarca, na rede social Facebook, a nomeação do antigo procurador-geral do Tribunal de Contas da Lazio foi rejeitada pelo Movimento ’5 estrelas’ pelo qual Raggi ganhou as eleições em Roma, em junho.

A saída de De Dominicis surge dias depois de 5 demissões do executivo camarário.

A 2 de setembro, a líder camarária anunciou que iria afastar Carla Raineri, a chefe de gabinete, em nome da “transparência” depois de a Autoridade Nacional Anticorrupção ter apontado suspeitas que envolviam Raineri. Esta, porém, demitiu-se antecipando a decisão de Raggi.

Poucas horas depois, Raggi enfrenta mais quatro saídas: Marcello Minenna, assessor na área das Finanças; Marco Rettighieri, diretor-geral da empresa de transportes públicos de Roma; Armando Brandolese, CEO desta entidade e Alessandro Solidoro, CEO da AMA, empresa pública gestora da recolha de lixo.

Virginia Raggi está ainda sob fortes críticas depois da nomeação da assessora para o Meio Ambiente. Paola Muraro está sob investigação por fraude, tráfico ilegal de lixo e abuso de poder enquanto trabalhava na AMA, a agência que gere os resíduos em Roma.

O líder do Movimento “5 estrelas”, Beppe Grillo, mantém ao apoio a Raggi.

“Ela está a resistir, psicologicamente, muito bem e ela vai continuar. Nós vamos acompanhar aquele programa do Movimento ’5 estrelas’, que vai ser muito bem explicado aos romanos. Ela está a passar pela mesma situação que o primeiro autarca negro teve de enfrentar em 1968, no Mississípi”, afirma o dirigente.

Virginia Raggi afirmou não saber da investigação e que não aceita a demissão de Paola Muraro.

Apesar da crise instalada no executivo da Câmara Municipal da “Cidade Eterna”, Virginia Raggi, já fez saber que não vai renunciar ao cargo que assumiu em junho.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte