Última hora

Telemóveis: Bruxelas vai rever limites à abolição do roaming

A Comissão Europeia vai rever a cláusula sobre o chamado "uso justo" de telemóvel no estrangeiro, que permite às empresas de telecomunicações cobrarem roaming. O roaming deverá ser abolido em junho de

Em leitura:

Telemóveis: Bruxelas vai rever limites à abolição do roaming

Tamanho do texto Aa Aa

Os utilizadores de telemóvel esperam ansiosamente por junho de 2017, data em que deverão deixar de pagar taxa de roaming quando estão noutro país da União Europeia que não o de origem.

Um rascunho sobre esta proposta de diretiva, recentemente divulgado, foi abandonado, esta sexta-feira.

O porta-voz da Comissão Europeia, Alexander Winterstein, disse que “com base nos comentários que recebemos – e que penso sejam do vosso conhecimento -, o presidente da Comissão deu instruções aos serviços para retirarem esse rascunho de proposta e para trabalharem num novo e melhor “.

Em causa estava a cláusula sobre o chamado “uso justo”, que deverá ser revista. No rascunho previa que as empresas de telecomunicações cobrassem taxa de roaming se os clientes estivessem noutro país mais de 30 dias seguidos por ano, ou 90 dias intercalados.