Última hora

EUA: "Power off" para o Samsung Note 7

A autoridade norte-americana de proteção do consumidor lançou o alerta para os problemas de sobreaquecimento da bateria de lítio do último telemóvel da marca sul-coreana…

Em leitura:

EUA: "Power off" para o Samsung Note 7

Tamanho do texto Aa Aa

A autoridade norte-americana de proteção do consumidor lançou o alerta para os problemas de sobreaquecimento da bateria de lítio do último telemóvel da marca sul-coreana Samsung.

A “Consumer Product and Safety Commission” (Comissão de Segurança dos Produtos de Consumo) pediu aos utilizadores que desliguem e deixem de recarregar o aparelho.

A Samsung anunciou na semana passada que iria retirar dois mil milhões e meio de Galaxy Note 7 depois de várias baterias do modelo terem entrado em combustão espontânea, ou explodido durante a carga.

A empresa sul-coreana tinha anunciado um plano voluntário para retirar o produto do mercado. As autoridades de Washington anunciam para breve uma proibição oficial da venda do modelo defeituoso.

Várias companhias aéreas e autoridades aeronáuticas mundiais tinham já decidido proibir a utilização do telemóvel em voos comerciais.

A suspensão e retirada do mercado do aparelho poderá custar mais de 5 mil milhões de dólares à marca sul-coreana, cujas ações terminaram em quebra de 3,9% na bolsa, na sexta-feira.

A situação faz aumentar os receios em torno das baterias de lítio, quando a autoridade aeronáutica dos EUA registou pelo menos 171 incidentes relacionados com fogo, fumo ou sobreaquecimento de baterias deste tipo, durante voos comerciais, desde 1991.