Última hora

Em leitura:

Defeito em envelopes adia ida às urnas de austríacos

mundo

Defeito em envelopes adia ida às urnas de austríacos

Publicidade

A Áustria vai adiar a repetição das eleições presidenciais devido a um defeito nos envelopes utilizados nos votos por correspondência.

O escrutínio, inicialmente, agendado para 02 de outubro vai agora realizar-se a 04 de dezembro.

O ministro do Interior austríaco, Wolfgang Sobotka, explica que o adiamento se prende com um defeito detetado nos envelopes utilizados no país, mais concretamente com o facto da cola se dissolver ao fim de 25 minutos no máximo. Uma situação permite que os envelopes possam ser abertos, vezes sem conta, e os boletins de voto retirados.

Irregularidades na contagem dos votos por correio na segunda volta das presidenciais, em maio, ditaram a repetição do escrutínio.

O candidato ecologista Alexander Van der Bellen venceu as eleições com cerca de 50 por cento dos votos, ou seja, mais 31 mil votos que Norbert Hofer, da extrema-direita, o segundo mais votado. A eleição foi, na altura, decidida com votos dos eleitores no estrangeiro.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte