Última hora

Em leitura:

Filipino Lav Diaz vence festival de Veneza, ator português Nuno Lopes recompensado na secção Horizonte

cinema

Filipino Lav Diaz vence festival de Veneza, ator português Nuno Lopes recompensado na secção Horizonte

In partnership with

Lav Diaz foi o grande vencedor do Festival de Cinema de Veneza. O realizador filipino arrecadou o Leão de Ouro pelo filme “The Woman Who Left” e dedicou o prémio ao povo filipino.

“Dedico este prémio ao meu país, ao povo filipino, à nossa luta pela humanidade, muito obrigada”, disse Lav Diaz. “The Woman Who Left” conta a história de uma mulher que procura vingar-se depois de ter passado trinta ano na prisão por um crime que não cometeu.

O Leão de Prata foi atribuido a dois realizadores: o cineasta russo Andrei Konchalovsky e o mexicano Amat Escalante. “Paradise” de Konchalovsky retrata o Holocausto durante a segunda guerra mundial através do percurso de três personagens, uma aristocrata russa que integra a resistência francesa, um apoiante francês do regime nazi e um militar alemão. O filme do mexicano Amat Escalante retrata as dificuldades relacionais de um casal.

Tom Ford arrecadou o grande prémio do júri com o thriller “Nocturnal Animal” enquanto Emma Stone venceu o prémio de melhor atriz pelo desempenho em “ La La Land”, numa edição que recompensou também o ator Nuno Lopes. O artista português de 38 anos foi distinguido, na secção Horizontes do Festival de Veneza, pelo desempenho em “São Jorge”, um filme sobre a crise financeira em Portugal realizado por Marco Martins.

Artigo seguinte