Última hora

Última hora

Bombardeiros sobrevoam Coreia do Sul em aviso a Pyongyang

Dois bombardeiros supersónicos dos Estados Unidos voaram hoje sobre a Coreia do Sul, numa manifestação de apoio a Seul e num aviso para Pyongyang de que os dois países “estão preparados para responder

Em leitura:

Bombardeiros sobrevoam Coreia do Sul em aviso a Pyongyang

Tamanho do texto Aa Aa

Dois bombardeiros supersónicos dos Estados Unidos voaram hoje sobre a Coreia do Sul, numa manifestação de apoio a Seul e num aviso para Pyongyang de que os dois países “estão preparados para responder” às ameaças à segurança regional.

O voo, acompanhado por caças sul-coreanos, teve lugar depois da Coreia do Norte ter anunciado, na sexta-feira, o seu quinto e mais recente ensaio nuclear.

O enviado especial dos Estados Unidos, Sung Kim, explicou, em Seul, que “a intenção, que é partilhada com a República da Coreia, é obter uma resolução o mais forte possível [no Conselho de Segurança da ONU], que inclua novas sanções, o mais rápido possível”.

O regime de Kim Jong-Un disse, na sexta-feira, ter realizado a mais forte explosão atómica até à data, testando com sucesso a instalação de uma ogiva nuclear num míssil balístico.

A agência nuclear sul-coreana afirmou, no entanto, que testes realizados no ar depois do ensaio não permitiram detetar traços de contaminação radiativa.