Última hora

Em leitura:

Doença de Hillary não trava campanha

mundo

Doença de Hillary não trava campanha

Publicidade

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Mesmo com Hillary Clinton doente, a campanha não para: O marido Bill Clinton, a filha Chelsea e o presidente Barack Obama desdobram-se em ações de campanha da candidata democrata às presidenciais americanas.

Bill Clinton, ex-presidente e agora candidato a primeiro-cavalheiro dos Estados Unidos, falou dos problemas de saúde de Hillary numa entrevista televisiva: “Ela já teve estes problemas noutras ocasiões, quando se sente muito desidratada. Ela tem trabalhado muito nos últimos anos, como senadora e como secretária de Estado”.

Hillary Clinton sentiu-se mal durante as comemorações do aniversário do 11 de setembro. Foi-lhe depois diagnosticada uma pneumonia.

Em Filadélfia, foi Barack Obama a subir ao palanque, num comício, para defender Hillary: Para ser presidente, é preciso fazer o trabalho de casa e saber do que se fala. Saber julgar as situações, mesmo quando as coisas não correm de feição. E tomar decisões difíceis, mesmo quando não são populares. Foi o que Hillary aprendeu, como senadora, secretária de Estado e primeira-dama. Chegou a altura de passar o testemunho, eu sei que Hillary o vai apanhar, vai correr e vai terminar a corrida. Por isso estou com ela e estou entusiasmado. Quero que se juntem a mim”, disse o presidente.

Últimas sondagens eleitorais:

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte