Última hora

Ministro alemão alerta para perigo terrorista depois da detenção de refugiados

Os três homens detidos teriam como missão realizar ataques terroristas em solo europeu.

Em leitura:

Ministro alemão alerta para perigo terrorista depois da detenção de refugiados

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia alemã prendeu três refugiados sírios a viver no Estado de Schleswig-Holstein, no norte do país. Os três homens são suspeitos de serem infiltrados do grupo terrorista Estado Islâmico e um deles terá tido treino de manuseamento de armas e explosivos com o Daesh antes da viagem para a Europa.

Segundo as autoridades, os homens, que viviam em centros de refugiados ou apartamentos, teriam como missão realizar ataques terroristas em solo europeu. Entraram na Alemanha inseridos na onda de refugiados que transitou pela Turquia e pela Grécia.

O ministro do Interior, Thomas de Mazière, diz que tudo indica que tenham usado a mesma rede de tráfico usada pelos autores dos atentados de Paris. O ministro explicou também os contornos da investigação: “Estamos a tentar perceber se há ligações a outras células terroristas. Aparentemente, o Daesh não está só a planear ataques em França, Alemanha, Itália, Bélgica ou Grã-Bretanha, mas em todo o mundo ocidental”.

A Alemanha tem sido o país de destino de centenas de milhares de refugiados nos últimos meses. Os homens agora suspeitos de terrorismo ter-se-ão infiltrado num dos grupos que fez a viagem pelos Balcãs no final de 2015.

Vários incidentes no último verão, nomeadamente os atentados no festival de Ansbach e num comboio na Baviera, lançaram o alarme sobre a presença do Daesh na Alemanha.