Última hora

Em leitura:

Síria:O cessar-fogo está em marcha

mundo

Síria:O cessar-fogo está em marcha

Publicidade

A trégua na Síria levou às ruas de Allepo uma aparente normalidade, embora muitos pensem que face aos obstáculos o desafio seja imenso.

O cessar-fogo entre os rebeldes e o regime entrou em vigor na segunda-feira sob um acordo EUA-Rússia mas não foi formalmente aprovada pela oposição nem pela rebelião.

O exército sírio anunciou, contudo, o congelamento das operações militares no país, imediatamente após a entrada em vigor do acordo, mas a população ainda duvida.
“A trégua seria muito bom se os combatentes não nos atacarem. Seria muito bom.”

A cessação das operações “será aplicada no território da República Árabe da Síria, durante sete dias, até 18 de setembro à meia-noite, segundo um comunicado militar.

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, defendeu que o acordo EUA-Rússia sobre a Síria representa a “última oportunidade de salvar” o país, devastado pela guerra desde 2011. “Acreditamos que a única solução realista e viável para o conflito é, em última análise, uma solução política”, declarou Kerry que falava aos jornalistas em Washington.

De visita a Daraya, presidente sírio afirmou que vai respeitar o cessar-fogo, prometendo que está pronto para recuperar o controle do seu país. Bachar al-Assad fez saber que os militares reservam-se o direito de ripostar de forma consequente e de utilizar todos os meios para responder a todas as violações e agressões por parte dos grupos armados.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte