Última hora

Em leitura:

Família e médicos confirmam: Shimon Peres está a melhor mas ainda em risco

mundo

Família e médicos confirmam: Shimon Peres está a melhor mas ainda em risco

Publicidade

ALL VIEWS

Clique para descobrir

O estado de saúde de Shimon Peres está a melhorar, embora o antigo Presidente de Israel se mantenha em situação crítica, revelou esta quarta-feira o diretor do centro médico Shiba, o hospital próximo de Telavive para onde foi levado Shimon Peres após o AVC sofrido terça-feira. A atualização surgiu numa comunicação oficial aos jornalistas, na presença do genro e médico pessoal do antigo chefe de Estado israelita, Rafi Walden.

(Um dia após AVC, Shimon Peres está ‘responsivo’ mas mantém-se sedado.)

“Posso dizer que a situação ainda é crítica, mas estável, e que pudemos ver algumas melhorias. De tempos a tempos, o senhor Shimon Peres está consciente, acordado. Estamos a tentar reduzir a sedação para podermos avaliar o estado de súde. É um bom sinal”, garantiu Yitzhak Kreiss, o brigadeiro-general antigo responsável médico das Forças de Defesa israelitas (IDF) e nomeado há apenas três meses diretor do centro médico Shiba.

Antes desta comunicação oficial aos jornalistas, alguns membros da família já haviam dado conta de ligeiras melhorias do antigo chefe do Estado hebraico. Foi o caso da neta Mika Almog, que, através do Facebook, revelou ter passado parte da noite ao lado do avô, com a família. “Ele dormiu. Parece confortável, não está a sofrer. Espero que esteja a recuperar a força. O resto é desconhecido para já”, escreveu Mika Almog, acompanhado a mensagem com uma fotografia ao lado do avô.

A conselheira pessoal de Shimon Peres foi um pouco mais longe e revelou que o antigo Presidente chegou a inclusive a “tentar levantar-se”. “Não queremos levantar demasiado as expetativas, mas há desenvolvimentos positivos. Ele já levanta a mão e eu vi-o a acordar e foi muito emocionante. Continuamos a rezar”, afirmou Ayelet Frish.

Shimon Peres tem 93 anos, foi primeiro-ministro em duas ocasiões e Presidente de Israel entre 2007 e 2014. Foi Nobel da Paz em 1994 pelo contributo para o acordo de Oslo entre Israel e a Organizaçao para a Libertação da Palestina (OLP).

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte