Última hora

Em leitura:

Multa recorde de 14 mil milhões de dólares "afunda" Deutsche Bank na bolsa

empresas

Multa recorde de 14 mil milhões de dólares "afunda" Deutsche Bank na bolsa

Publicidade

ALL VIEWS

Clique para descobrir

A cotação das ações do Deutsche Bank estava a cair 8% na Bolsa de Frankfurt ao iníciod a tarde desta sexta-feira, na sequência do Departamento de Justiça norte-americano ter anunciado o desejo de aplicar uma multa de 14.000 milhões de dólares ao maior banco alemão.

Depois de se ter desvalorizado quase 8% pouco logo depois da abertura, os ‘papéis´ do maior banco alemão já cediam 8,05% para 12,05 euros às 11:14 em Lisboa, na sequência do pedido da justiça norte-americana de uma multa recorde para saldar o litígio imobiliário desencadeado no início da crise financeira em 2008.

 

“DB não pode pagar”

“O Deutsche Bank não pode pagar 14 mil milhões de dólares porque apenas dispõe de uma reserva de 6,1 mil milhões para litígios. Estou certo, ainda assim, de que a multa não vai ser assim tão alta porque, em casos similares com outros bancos, as multas foram bastante mais baixas. Prevejo, que esta ficará pelos cinco mil milhões, o que já será mau o suficiente. O problema é que há outros processos a decorrer e que também vão custar dinheiro”, afirmou à Reuters o analista de mercados Robert Halver, do banco Baader, de Munique.

O banco já anunciou que “não tenciona saldar os potenciais pedidos civis que totalizam cerca de 14 mil milhões de dólares. O Departamento de Justiça dos Estados Unidos convidou o banco alemão a apresentar uma contraoferta, precisou o Deutsche Bank, sublinhando que as negociações “apenas acabam de começar”.

O banco norte-americano Goldman Sachs pagou uma multa de 5,06 mil milhões de dólares em abril último por um caso similar.

O Deutsche Bank é acusado, como outros grandes bancos, de ter vendido a investidores antes do início da crise financeira de 2007/ 08 empréstimos hipotecários residenciais, que são créditos convertidos em produtos financeiros, sabendo que os mesmos eram tóxicos.

A denominada ‘titulação’, tática utilizada abundantemente pelos grandes bancos para converter carteiras de empréstimos em títulos financeiros que cedem depois nos mercados, é considerada a responsável pelas perdas registadas em 2008 por numerosos investidores, incluindo os que compraram os títulos associados às famosas “‘subprimes’”.

O Deutsche Bank constituiu provisões de 5,5 mil milhões de euros (6,2 mil milhões de dólares) em 30 de junho último para resolver litígios em curso, segundo documentos bolsistas.

Texto: Lusa/ Caixa: Reuters

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte