Última hora

Em leitura:

Relação confirma mandado de detenção contra Assange

mundo

Relação confirma mandado de detenção contra Assange

Publicidade

Más notícias para Julian Assange. Um tribunal de recurso sueco confirmou a ordem de detenção de 2010 contra o fundador do portal Wikileaks por alegados crimes sexuais.

Apesar de em fevereiro um relatório das Nações Unidas ter considerado o refugio de Assange na embaixada equatoriana em Londres uma “detenção arbitrária”, a relação sueca confirmou a decisão de um tribunal há quatro meses.

O tribunal de recurso reconheceu que o tempo já passado e a anterior passividade das autoridades são argumentos para anular a ordem mas a seriedade dos alegados crimes e o interesse público justificam a a decisão.

Refugiado há quatro anos na embaixada equatoriana na capital britânica, o jornalista de 44 anos pretende evitar uma eventual extradição para os Estados Unidos onde poderia ser julgado por ter revelado documentos confidenciais através do portal Wikileaks.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte