Última hora

Em leitura:

Breves de Bruxelas: TTIP, Engie e Merkel em destaque

A redação de Bruxelas

Breves de Bruxelas: TTIP, Engie e Merkel em destaque

Publicidade

A oposição dos cidadãos ao tratado comercial transatlântico ganha força. Os opositores do acordo de livre comércio entre a União Europeia e os Estados Unidos da América, conhecido por TTIP, vão reunir-se, na terça-feira, no quarteirão europeu de Bruxelas.

Depois da Alemanha, no domingo, é a sociedade civil da Bélgica que se expressa, temendo que sejam postas em causa normas em vigor na Europa. Um argumento de que está consciente o patronato europeu, apoiante do TTIP, como explica Luísa Santos, do BusinessEurope.

Neste programa que passa em revista a atualidade europeia diária falamos, também, da Comissária para a Concorrência, que garante não ser parcial em relação às empresas norte-americanas, nem às suas políticas fiscais na Europa. A prová-lo, a Comissão lançou também uma investigação contra a empresa francesa Engie.

Será que Angela Merkel vai lutar por um quarto mandato como chanceler? O seu partido, CDU, acabou de sofrer um novo revés eleitoral, agora em Berlim. O partido populista AfD, Alternativa para a Alemanha, ganha peso a cada escrutínio e é um sério candidato junto do eleitorado. Angela Merkel não quer declarar as suas intenções eleitorais, mas vai deixando algumas pistas.

É oficial: Julian King é o Comissário para a Segurança da União, tornando-se, assim, o novo representante do Reino Unido no âmbito da Comissão. Mas poderá, sobretudo, entrar na História como o último comissário britânico, se o Brexit entrar em vigor antes do final de seu mandato, em outubro de 2019.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte