Última hora

Em leitura:

Lufthansa e Air China mais próximas da fusão

empresas

Lufthansa e Air China mais próximas da fusão

Publicidade

A Lufthansa e a Air China criaram uma “joint venture” para centralizar todos os voos das companhias entre a Europa e a China.
Esta nova modalidade vai começar a funcionar no próximo ano e inclui não só a Lufthansa, como filiais como a Swiss e a Austrian Airlines. É a resposta do grupo alemão à concorrência das companhias do Golfo Pérsico nas rotas para a Ásia.

É o resultado de um acordo assinado há dois anos e é, por enquanto, o mais perto que a Lufthansa e a Air china conseguem estar de uma fusão completa. Desde esse acordo que as duas empresas fazem já “code share” em várias rotas.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte