Última hora

Síria: raide aéreo destrói coluna de ajuda humanitária a oeste de Alepo

Pelo menos 18 de 31 camiões das Nações Unidas e Crescente Vermelho foram atingidos no decurso de raides aéreos levados a cabo por forças sírias ou russas.

Em leitura:

Síria: raide aéreo destrói coluna de ajuda humanitária a oeste de Alepo

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 18 de 31 camiões das Nações Unidas e Crescente Vermelho foram atingidos no decurso de raides aéreos levados a cabo por forças sírias ou russas.

allviews Created with Sketch. Point of view

"Cabe à Rússia controlar Assad. O regime sírio está a bombardear alvos de forma indiscriminada, incluindo colunas de ajuda humanitária."

John Kerry Secretário de Estado, EUA

O ataque ocorreu às 7.30 da noite de segunda-feira.

O ataque, em Orum al-Koubra, fez pelo menos doze mortos, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, que precisou que as vítimas eram “voluntários do Crescente Vermelho e condutores dos camiões atingidos”.

Falando antes do ataque, o secretário de estado norte-americano, John Kerry, afirma que cabe à Rússia controlar Assad. Para Kerry, o regime sírio está a bombardear alvos de forma indiscriminada, incluindo colunas de ajuda humanitária.

O ataque tem lugar depois do regime de Bashar al-Assad ter dado oficialmente por terminada a frágil e difícil trégua instaurada no dia 12, na sequência de um acordo negociado pelos Estados Unidos e pela Rússia em Genebra.

Damasco acusou grupos rebeldes de “não respeitarem” as disposições do acordo, denunciando mais de 300 violações do cessar-fogo.