Última hora

Escadaria da Praça de Espanha "devolvida" aos romanos um ano depois

Acesso à Igreja da Santissíma Trindade dos Montes esteve a ser limpo e restaurado desde outubro, a empreitada está terminada e os degraus reabrem ao público esta sexta-feira.

Em leitura:

Escadaria da Praça de Espanha "devolvida" aos romanos um ano depois

Tamanho do texto Aa Aa

A famosa escadaria da Praça de Espanha, em Roma, em Itália, está prestes a ser devolvida aos romanos após quase um ano de obras de limpeza e restauro deste icónico monumento com 135 degraus, inaugurado em 1725 (século XVIII).

allviews Created with Sketch. Point of view

"Vamos estar atentos para evitar a imprópria utlização que possa voltar a degradar as escadas após este restauro."

Virginia Raggi Presidente da Câmara de Roma

Vítima recorrente de abuso por parte de muitos turistas, que ali costumam deixar restos de piqueniques, por exemplo, a renovação da Escadaria da Santíssima Trindade dos Montes foi anunciada em março de 2014 mediante o donativo de 1,5 milhão de euros por uma das várias lojas de luxo ali situadas próximo, a joalharia Bvlgari — à altura a celebrar os 130 anos de existência e a reabrir o renovado estabelecimento na via Condotti.

“Em Itália, temos tanta beleza e o Estado não consegue fazer o restauro de tudo, por isso devemos intervir os investidores privados”, justificava há dois anos Paolo Bulgari, o presidente da empresa de joalharia.

Após ter sido inciada a 7 de outubro, a empreitada está agora terminada. Esta noite, a escadaria da Praça de Espanha de acesso à Igreja da Santíssima Trindade dos Montes será palco de um concerto especial, a partir das 20h30 (menos uma hora em Lisboa), pela orquestra da Academia Nacional de Santa Cecilia sob condução do maestro Antonio Pappano e esta sexta-feira os 135 degraus da “Scalatina” voltam a abrir ao público, anunciou a presidente da Câmara de Roma.

“A autarquia já tomou medidas e vai empenhar-se ao máximo na preservação da escadaria no belíssimo esplendor em que ela voltou a estar. Vamos estar atentos para evitar a imprópria utlização que possa voltar a degradar as escadas após este restauro”, garantiu Virginia Raggi.