Última hora

Em leitura:

Caixabank arrecada milhões para investir no BPI e Isabel dos Santos faz contas

mercados

Caixabank arrecada milhões para investir no BPI e Isabel dos Santos faz contas

Publicidade

O Caixabank concluiu com êxito a operação de venda de 9,9 por cento do capital e terá conseguido arrecadar mais de 1,3 mil milhões de euros. Com este reforço das reservas de capital, o banco espanhol já poderá avançar para a Operação Pública de aquisição (OPA) do Banco Português de Investimento BPI, instituição de que Caixabank já é o maior acionista, com 45 por cento das ações.

Na operação lançada esta quinta-feira pela instituição espanhola, o mexicano Carlos Slim — o quarto homem mais rico do mundo, de acordo com a Forbes — tornou-se no segundo maior acionista do CaixaBank ao investir cerca de 100 milhões de euros na compra de ações através do grupo financeiro Inbursa, de que é proprietário.

Na operação desta quinta-feira foi revelado ter estado envolvida ainda outra entidade, a Mutua Madrilena, que terá investido 280 milhões de euros.

Com o encaixe agora conseguido e a desblindagem dos estatutos do BPI, o Caixabank pode agora avançar para a conclusão da OPA ao banco português, o qual havia sido avaliado em abril em 1,6 mil milhões de euros.

BPI “engorda” fortuna de Isabel dos Santos

A confirmar-se a aquisição total do BPI pelo Caixabank, um dos acionistas mais beneficiados será a angolana Isabel dos Santos.

De acordo com o jornal de Negócios, a mulher mais rica de África poderá lucrar 26 por cento face à entrada no capital do BPI, ou seja, mais 66 milhões de euros do que os 253,8 milhões de euros investidos então através da Santoro. Ao todo, Isabel dos Santos poderá arrecadar um total de 307 milhões de euros.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte