Última hora

Em leitura:

Jérôme Kerviel condenado a pagar um milhão de euros à Société Générale

empresas

Jérôme Kerviel condenado a pagar um milhão de euros à Société Générale

Publicidade

A justiça francesa condenou, esta sexta-feira, em sede de recurso, Jérôme Kerviel a pagar um milhão de euros à Société Générale pelas perdas, milionárias, que provocou ao grupo francês quando trabalhava para ele.

Kerviel diz que não se fica por aqui, ainda assim, este valor é bastante inferior aos 4,9 mil milhões, correspondentes às perdas da Société Générale, que foi condenado a desembolsar, em primeira instância.

Em 2010, Kerviel tinha sido condenado a três anos de prisão, por abuso de confiança e fraude sobre as enormes perdas com operações bolsistas, de alto risco, em 2008. Para a defesa Kerviel não foi mais do que um bode expiatório, já que o banco conhecia as transações que este desenvolvia.

Para a Société Générale, que o acusa de ser o único responsável pelas perdas colossais, a mais recente decisão é satisfatória.

Em 2014, antes de se entregar às autoridades, na fronteira entre Itália e França, e como forma de defender a sua inocência, Kerviel, fez uma longa caminhada mediática.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte