Última hora

Última hora

Brexit: Draghi evoca a importância de salvar o mercado único

Num discurso na Comissão de Assuntos Económicos e Monetários do Parlamento Europeu, Mario Draghi reconheceu que a retoma económica da zona euro perdeu vitalidade desde junho e deverá, por isso, contin

Em leitura:

Brexit: Draghi evoca a importância de salvar o mercado único

Tamanho do texto Aa Aa

Num discurso na Comissão de Assuntos Económicos e Monetários do Parlamento Europeu, Mario Draghi reconheceu que a retoma económica da zona euro perdeu vitalidade desde junho e deverá, por isso, continuar a ser moderada.

Point of view

Quaisquer que sejam os resultados das negociações (Brexit), é preciso garantir que todos estão sujeitos às mesmas regras.

Mario Draghi Presidente do BCE

Apesar dos efeitos sentidos após a vitória do Brexit, o presidente do Banco Central Europeu (BCE) mantém a previsão de crescimento de 1,7% para este ano. A inflação deverá rondar os 0,2%.

Draghi alerta para os riscos económicos que persistem e o impacto que terão as negociações futuras em torno do Brexit: “Até agora, a economia da zona euro tem sido resistente. Independentemente do tipo de relação que surgirá entre a União Europeia e o Reino Unido, é extremamente importante que seja respeitada a integridade do mercado único. Quaisquer que sejam os resultados das negociações, é preciso garantir que todos estão sujeitos às mesmas regras”.

Draghi reafirmou que é necessário uma ação dos governos para apoiar a política do banco central e adiantou que o Conselho de Governadores está disposto a ampliar os estímulos. Para já, em dezembro e março, o BCE vai realizar operações de refinanciamento a longo prazo dos bancos, designadas T-LTRO.

Já na sessão de perguntas e respostas, Mario Draghi evocou a situação do sistema bancário europeu. O presidente do BCE estima que é “necessária uma consolidação”, já que o setor tem “excesso de capacidade”.