Última hora

Em leitura:

Allardyce pede desculpa mas o escândalo de corrupção promete continuar


Desporto

Allardyce pede desculpa mas o escândalo de corrupção promete continuar

A corrupção está na ordem do dia no futebol inglês e o primeiro a cair foi o selecionador nacional, Sam Allardyce. O técnico foi apanhado a negociar um contrato para ajudar um grupo de investidores a contornar o regulamento de transferências em Inglaterra, naquilo que foi na prática uma armadilha montada pelo Daily Telegraph.

Não foi o único a deixar-se apanhar, o jornal inglês garante que há oito treinadores na Premier League que aceitam subornos e já cedeu os dados da investigação à polícia.

Caído em desgraça, Sam Allardyce reconhece os seus erros: “Olhando para trás, foi uma coisa bastante ridícula de fazer. Para que toda a gente saiba, ajudei alguém que conhecia há trinta anos, naquilo que foi um erro de julgamento da minha parte e paguei as consequências. A rescisão foi feita de forma amigável com a Federação Inglesa. Peço desculpa a todos os que foram afetados pelas minhas ações.”

O lugar de Sam Allardyce será ocupado provisoriamente por Gareth Southgate, que de acordo com as casas de apostas é o favorito a ficar com o lugar de forma permanente. Steve Bruce e Alan Pardew também estão bem colocados.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

Desporto

Liga dos Campeões: Sporting vence sem dificuldades, Porto também foi melhor mas não chegou