Última hora

Em leitura:

Governo alemão nega plano de resgate para o Deutsche Bank


mercados

Governo alemão nega plano de resgate para o Deutsche Bank

A situação do Deutsche Bank prendeu esta quarta-feira a atenção dos mercados, com uma sucessão de notícias e desmentidos. O governo alemão viu-se obrigado a negar a existência de um plano de resgate e o presidente do Deutsche Bank, o britânico John Cryan, veio garantir que o maior banco alemão não necessita de ajudas do Estado.

Entretanto, o Deutsche Bank anunciou a venda da seguradora britânica Abbey Life à Phoenix Group Holdings, por um valor superior a mil milhões de euros.

O Departamento de Justiça norte-americano anunciou, a 15 de setembro, a aplicação de uma multa de 14 mil milhões de dólares ao banco alemão, acusado de ter vendido empréstimos hipotecários residenciais tóxicos a investidores, antes do início da crise financeira de 2007/08.

Os responsáveis do banco têm negado que esta multa recorde torne necessária uma intervenção pública.

Andreas Dombret, membro do departamento de supervisão bancária no banco central alemão, sugeriu na terça-feira em declarações à agência Reuters que os bancos devem optar por reduzir as suas dimensões em vez de contar com mais resgates públicos.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mercados

Deustche Bank: Berlim não comenta situação financeira do banco