Última hora

França: Presidente inaugura gráfica onde foram abatidos atacantes do Charlie Hebdo

Os autores dos atentados contra o jornal Charlie Hebdo, em 2015, tinham sido abatidos nesta gráfica em Dammartin en Goele, a 30 quilómetros de Paris.

Em leitura:

França: Presidente inaugura gráfica onde foram abatidos atacantes do Charlie Hebdo

Tamanho do texto Aa Aa

Os autores dos atentados contra o jornal Charlie Hebdo, em 2015, tinham sido abatidos nesta gráfica em Dammartin en Goele, a 30 quilómetros de Paris.

Esta quinta-feira o presidente francês, François Hollande, inaugurou as novas instalações da empresa destruídas após o assalto da polícia.

Hollande condecorou o patrão da empresa e um empregado de 26 anos que permaneceu escondido na instalação durante oito horas, em contacto com a polícia.

Segundo o prorietário da gráfica, Michel Catalano, “estou feliz hoje principalmente porque está aqui Lilien com a família e também Didier e Stephane que cruzaram o caminho dos irmãos Koachi. Todos os que estavam aqui nesse dia, felizmente estão hoje aqui nesta sala”.

Para o presidente francês:

“A humanidade não é apenas um momento de resistência, esse foi o primeiro gesto, mas também a capacidade de construir e reconstruir e hoje estou aqui para assistir a uma inaguração”.

A reabertura da empresa ocorre vinte meses após os atentados contra o Charlie Hebdo
terem provocado onze mortos.

Os irmãos Koachi tinham-se refugiado nas instalações desta empresa depois de dois de fuga.

Os dois atacantes do jornal tinham sido abatidos na gráfica, pelas forças especiais, após um cerco de quase oito horas.