Última hora

Em leitura:

França: Presidente inaugura gráfica onde foram abatidos atacantes do Charlie Hebdo


França

França: Presidente inaugura gráfica onde foram abatidos atacantes do Charlie Hebdo

Os autores dos atentados contra o jornal Charlie Hebdo, em 2015, tinham sido abatidos nesta gráfica em Dammartin en Goele, a 30 quilómetros de Paris.

Esta quinta-feira o presidente francês, François Hollande, inaugurou as novas instalações da empresa destruídas após o assalto da polícia.

Hollande condecorou o patrão da empresa e um empregado de 26 anos que permaneceu escondido na instalação durante oito horas, em contacto com a polícia.

Segundo o prorietário da gráfica, Michel Catalano, “estou feliz hoje principalmente porque está aqui Lilien com a família e também Didier e Stephane que cruzaram o caminho dos irmãos Koachi. Todos os que estavam aqui nesse dia, felizmente estão hoje aqui nesta sala”.

Para o presidente francês:

“A humanidade não é apenas um momento de resistência, esse foi o primeiro gesto, mas também a capacidade de construir e reconstruir e hoje estou aqui para assistir a uma inaguração”.

A reabertura da empresa ocorre vinte meses após os atentados contra o Charlie Hebdo
terem provocado onze mortos.

Os irmãos Koachi tinham-se refugiado nas instalações desta empresa depois de dois de fuga.

Os dois atacantes do jornal tinham sido abatidos na gráfica, pelas forças especiais, após um cerco de quase oito horas.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Índia ataca "base terrorista" em território controlado pelo Paquistão