Última hora

Em leitura:

Riade: "Consequências desastrosas do voto anti-saudita no congresso norte-americano"


Arábia Saudita

Riade: "Consequências desastrosas do voto anti-saudita no congresso norte-americano"

O ministério dos Negócios Estrangeiros da Arábia Saudita condenou a aprovação da lei norte-americana que autoriza os familiares das vítimas do 11 de setembro a processarem o país. Num comunicado publicado na quinta-feira, pode também ler-se que se trata de “um assunto de grande preocupação”.

“A erosão da imunidade soberana vai ter um impacto negativo em todas as nações, incluindo nos Estados Unidos, acrescenta o comunicado, veiculado pela agência de notícias estatal SPA.

Na quarta-feira o Congresso norte-americano rejeitou o veto presidencial sobre a proposta de lei que, assim, entrou automaticamente em vigor.

A procura de dólares na Arábia Saudita caiu logo após a decisão.

O correspondente da Euronews em Washington DC, Stefan Grobe, faz uma análise ao momento político entre dois velhos aliados.

“Foi a primeira rejeição na presidência de Barack Obama e um acentuado contratempo para um aliado de longa data dos Estados Unidos – a Arábia Saudita. Reflete de certa forma como a influência saudita se esbateu em Washington. A maré está a mudar contra Riade, como descreveu um analista. Os dias gloriosos da amizade saudita-norte-americana chegaram ao fim”, explica Grobe.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

EUA: Descarrilamento provoca 1 morto e 108 feridos numa estação da Nova Jérsia