Última hora

Última hora

Geórgia: Delegação do patriarcado ortodoxo falha missa do Papa

Cerca de 3 mil pessoas participaram na missa celebrada, este sábado, pelo Papa num estádio de Tbilisi, no segundo e último dia da visita de Francisco à Geórgia.

Em leitura:

Geórgia: Delegação do patriarcado ortodoxo falha missa do Papa

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 3 mil pessoas participaram na missa celebrada, este sábado, pelo Papa num estádio de Tbilisi, no segundo e último dia da visita de Francisco à Geórgia.

Uma cerimónia religiosa marcada pela ausência da delegação do patriarcado ortodoxo do país.

Na Geórgia, os católicos representam 2,5 por cento da população, cerca de 100 mil pessoas. Para muitos esta é uma visita histórica.

“É com muita honra e felicidade que encaro a visita do Papa ao nosso país. Hoje, assistimos à missa e penso que é um dia muito importante e de alegria para todos” afirma uma católica.

Outra acrescenta: “É um verdadeiro Papa e não, apenas, uma figura religiosa. Penso que esta visita deu mais visibilidade à Geórgia.”

A Igreja Ortodoxa da Geórgia é uma das mais conservadoras do mundo e nem todos olham com bons olhos para a visita de Francisco ao país. É o caso deste grupo de fiéis ortodoxos que se seguem o Papa desde sexta-feira, com cartazes a denunciar, por exemplo, o que chamam de “agressividade espiritual do Vaticano.”