Última hora

Em leitura:

Atentado contra casamento curdo provoca 32 mortos no norte da Síria


Síria

Atentado contra casamento curdo provoca 32 mortos no norte da Síria

O grupo Estado Islâmico (EI) reivindicou um atentado suicida que provocou pelo menos 32 mortos durante um casamento em Hasaka, no nordeste do país.

A ação, na segunda-feira, visou a festividade na zona curda onde os combatentes das milícias do YPG enfrentam desde Agosto as forças do regime.

Entre as vítimas encontra-se o líder de um partido curdo. Vários dos feridos foram hospitalizados em estado grave.

O grupo Estado Islâmico tinha igualmente reivindicado um duplo atentado suicida, na segunda-feira, que tinha morto várias pessoas, em Hama, uma cidade controlada pelas tropas do regime.

Os novos atentados ocorrem num momento em que o exército sírio anunciou entretanto uma nova ofensiva nos arredores de Damasco para tentar recuperar o controlo do bairro de Al-Ghouta, atualmente às mãos dos rebeldes.