Última hora

Última hora

França: Governo encomenda TGV para salvar fábrica da Alstom em Belfort

O governo francês abre os cordões à bolsa para salvar a fábrica da Alstom em Belfort, cujo encerramento tinha sido anunciado no início de setembro.

Em leitura:

França: Governo encomenda TGV para salvar fábrica da Alstom em Belfort

Tamanho do texto Aa Aa

O governo francês abre os cordões à bolsa para salvar a fábrica da Alstom em Belfort, cujo encerramento tinha sido anunciado no início de setembro.

O executivo vai comprar 15 comboios de alta velocidade (TGV). Para tal vai gastar 450 milhões de euros até 2020.

Já a empresa ferroviária francesa SNCF vai encomendar 20 locomotivas, para lá dos seis TGV, cuja encomenda estava suspensa e cujo valor ronda os 200 milhões de euros.

O primeiro-ministro Manuel Valls anunciou no Twitter que a fábrica de Belfort está salva, “graças à mobilização do Estado e ao compromisso de todos” .

Por seu lado, a empresa Alstom compromete-se a investir 40 milhões de euros nos próximos três anos para diversificar a produção em Belfort e desenvolver a unidade de manutenção ferroviária.

O encerramento da fábrica de Belfort ameaçava 400 empregos e o presidente François Hollande tinha prometido “fazer tudo para manter a empresa a funcionar”.

Os sindicatos receberam a notícia com agrado, mas as críticas não tardaram nas redes sociais, sobretudo, em relação ao montante gasto em período pré-eleitoral.

Estes são apenas alguns dos “tweets” que encontramos sobre o assunto: