Última hora

Última hora

Furacão Matthew causa primeiras vítimas no Haiti e ameaça sul dos EUA

Os ventos fortes e chuvas torrenciais do furacão Matthew começaram a assolar esta noite o Haiti, tendo já provocado pelo menos duas mortes no sul do país.

Em leitura:

Furacão Matthew causa primeiras vítimas no Haiti e ameaça sul dos EUA

Tamanho do texto Aa Aa

Os ventos fortes e chuvas torrenciais do furacão Matthew começaram a assolar esta noite o Haiti, tendo já provocado pelo menos duas mortes no sul do país.

As autoridades continuam a transferir milhares de pessoas das zonas mais expostas aos ventos de 230 quilómetros por hora, quando as chuvas atingem até um metro de altura em algumas regiões.

Na “Cité Soleil”, um dos maiores bairros da lata de Port-au-Prince, um habitante afirma:

“As pessoas tentam preparar-se para a chegada do furacão. Estamos a tentar partilhar informações pelos nossos próprios meios. Tentamos manter-nos informados para saber se temos que ir embora ou não”.

O centro do furacão encontrava-se esta manhã a mais de 300 Km da capital do Haiti, quando o ciclone de categoria 4 na escala de 5 níveis de Saffir Simpson, deverá atingir o leste de Cuba e as Bahamas nas próximas horas.

Em Cuba, mais de 316 mil pessoas foram transferidas para abrigos na segunda-feira, enquanto na Jamaica, as autoridades prevêm um impacto semelhante ao do furacão Gilbert, cuja passagem pelo país provocou mais de 40 mortos em 1988.

O quinto furacão da temporada poderá atingir até ao final da semana algumas regiões dos Estados Unidos, quando os estados da Florida e a Carolina do Sul já declararam o estado de emergência, de forma preventiva.