Última hora

Em leitura:

Colômbia: Governo regressa à mesa das negociações para tentar salvar acordo de paz


Colômbia

Colômbia: Governo regressa à mesa das negociações para tentar salvar acordo de paz

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Os colombianos regressam às negociações depois do referendo que chumbou o acordo de paz. O presidente Juan Manuel Santos reúne-se esta quarta-feira com os seus predecessores na chefia do Estado, Álvaro Uribe e Andrés Pastrana, que fizeram campanha contra o acordo por o consideram demasiado brando com as FARC.

Para já, Juan Manuel Santos impôs um limite a um cessar-fogo que se queria definitivo quando entrou em vigor no final de agosto:

“O cessar-fogo bilateral e definitivo com as FARC foi decretado até 31 de outubro. Espero que possamos avançar nos acordos e nos diálogos para que possamos concretizar as mudanças que nos vão permitir pôr em marcha a solução para este conflito.”

O referendo de domingo foi chumbado por 50,21 por cento dos eleitores.

Uribe manifestou-se sempre contra as negociações de paz que decorriam em Havana:

“A nossa queixa não é que tenham deixado de fora vários setores, a nossa queixa é que acordaram algo muito grave para a democracia colombiana. Aquilo que pedimos em primeiro lugar é que o governo nacional, que foi o primeiro a fazer essas concessões, diga que tem vontade de fazer correções.”

Por seu lado, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) manifestaram a vontade de continuarem a trabalhar para a paz. Os seus negociadores já regressaram a Cuba.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

N° 2 de Trump leva a melhor no debate entre candidatos à vice-presidência