Última hora

Última hora

Furacão Matthew: Haiti chora dezenas de mortos e adia presidenciais

A passagem do furacão Matthew pelo Haiti deixou um rasto de destruição.

Em leitura:

Furacão Matthew: Haiti chora dezenas de mortos e adia presidenciais

Tamanho do texto Aa Aa

A passagem do furacão Matthew pelo Haiti deixou um rasto de destruição. O balanço da tragédia aumenta a cada dia que passa à medida que se torna possível chegar às zonas atingidas no domingo e na segunda-feira. As autoridades contabilizam, de momento, 23 mortos e 3 desaparecidos. Na vizinha República Dominicana o número de mortos eleva-se a 4.

Além dos inúmeros problemas sanitários causados pelo furacão, como o aparecimento de casos de cólera, o Matthew levou as autoridades haitianas a adiarem as eleições presidenciais que estavam agendadas para o próximo domingo. O chefe da comissão eleitoral, Leopold Berlanger, afirmou que é tempo de avaliar a situação e que até ao próximo dia 12 será escolhida uma nova data para a realização do sufrágio.

Depois de ter aflorado Cuba e passado pelas Bahamas, o Matthew ruma aos Estados Unidos onde deve subir de intensidade, atingindo novamente o nível 4 da escala de Saffir-Simpson que conta 5 escalões. Na América, os estados do sul ordenaram a evacuação das zonas costeiras, uma medida que deverá afetar um milhão e meio de pessoas.