Última hora

Última hora

Presidente da Colômbia diz que Nobel é para os colombianos e pela paz estável e duradoura

O presidente colombiano já reagiu à atribuição do Prémio Nobel da Paz, que lhe foi feita esta sexta-feira.

Em leitura:

Presidente da Colômbia diz que Nobel é para os colombianos e pela paz estável e duradoura

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente colombiano já reagiu à atribuição do Prémio Nobel da Paz, que lhe foi feita esta sexta-feira. Uma vitória que pode ajudar Juan Manuel Santos a desbloquear o processo de paz, depois do referendo onde os colombianos decidiram que não querem o acordo assinado entre executivo e as FARC:

“Colombianos, este prémio é vosso, pelas vítimas e para que não haja mais nenhuma, nem mais um morto, devemos reconciliar-nos, unir-nos, para terminar este processo e começar a construir uma paz estável e duradoura.”

Juan Manuel Santos é o 26.º chefe do Estado a receber um Nobel, neste caso pelo trabalho feito em prol da paz no país, um prémio para um dos homens que trabalha para ela, mas não só:

“O prémio também deve ser visto como um tributo aos colombianos que, apesar das grandes dificuldades e abusos, mantiveram a esperança de uma paz justa. E a todas as partes que contribuíram para este processo de paz”, afirmou Juan Manuel Santos. O Presidente investiu no acordo de paz com as FARC, assinado no final de setembro, mas queria vê-lo aceite pelos colombianos, pelo que o referendou. E, contra todas as expectiticas, o “Não” acabou por vencer.

Um documento que põe fim a mais de meio século de uma guerra civil que fez mais de 220 mil mortos e que prevê a desmilitarização das FARC.