This content is not available in your region

Mike Pence diz que "não pode defender" declarações polémicas de Trump

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa  com AFP / Lusa
Mike Pence diz que "não pode defender" declarações polémicas de Trump

<p>Donald Trump está cada vez mais isolado na véspera de um segundo debate presidencial crucial.</p> <p>Este sábado, o seu próprio “braço direito”, o candidato republicano à vice-presidência Mike Pence publicou um comunicado no qual se diz ofendido e incapaz de defender Trump, depois da divulgação de declarações particularmente indecorosas do magnata acerca de mulheres.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="fr"><p lang="en" dir="ltr">My statement below: <a href="https://t.co/92VYEAxIcl">pic.twitter.com/92VYEAxIcl</a></p>— Mike Pence (@mike_pence) <a href="https://twitter.com/mike_pence/status/784799653547999234">8 octobre 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Vários senadores republicanos defenderam mesmo o afastamento de Trump e a promoção de Pence ao lugar de candidato presidencial.</p> <p>A própria mulher do magnata, Melania Trump, considerou como “inaceitáveis e ofensivos” os comentários proferidos pelo marido em 2005, embora tenha apelado ao eleitorado para aceitar o pedido de desculpas do candidato republicano, que disse que quem o conhece “sabe que essas palavras não refletem quem [ele] é”. Trump reconheceu ter feito algo “errado” e pediu “desculpas”, garantindo que as suas deslocações pelos Estados Unidos também o “mudaram”.</p> <p>A mais recente polémica em torno do candidato republicano surgiu depois do Washington Post ter publicado um vídeo onde Trump, sem saber que estava a ser registado por um microfone de lapela, fala das mulheres em termos vulgares, gabando-se nomeadamente de apalpões e de tentar convencer uma mulher casada a ir para a cama com ele.</p>