Última hora

Em leitura:

Alemanha: Polícia "supercontente" com detenção de suspeito sírio


Alemanha

Alemanha: Polícia "supercontente" com detenção de suspeito sírio

ALL VIEWS

Clique para descobrir

“Cansados mas supercontents: detivemos o suspeito de terrorismo esta noite em Leipzig.”

Foi com este ‘tweet’ que a polícia alemã anunciou, esta manhã, o fim de uma caça ao homem que durou dois dias.

Jaber Albakr, o sírio de 22 anos, suspeito de preparar um ataque à bomba, foi detido num apartamento de Leipzig, pouco depois da meia-noite local.

O homem deverá ser presente, ainda hoje, ao procurador de Karlsuhe.

Segundo o site internet do jornal Spiegel, Albakr terá abordado um outro sirio, na estação de caminhos-de-ferro da cidade, a quem pediu alojamento. O conterrâneo levou-o para casa mas, apercebendo-se de que era o homem que a polícia procurava, alertou as autoridades.

Ao chegarem ao apartamento de Leipzig, segundo o mesmo site, a polícia terá encontrado o suspeito já amarrado.

No sábado, a polícia tinha descoberto uma importante quantidade de explosivos no apartamento onde Albakr vivia há mais de um ano como refugiado em Chemnitz, cidade situada 260 km a sul de Berlim, mas a menos de 100 de Leipzig. O suspeito conseguiu escapar.

Albakr, que estava há já algum tempo sob vigilância das autoridades, mantinha contactos via internet com o grupo Estado Islâmico.

A polícia deteve três pessoas no sábado e outra no domingo, todas relacionadas com o suspeito.

Apenas uma está em prisão preventiva, acusada de cumplicidade na “preparação de um ato violento para pôr em perigo a segurança do Estado”.

Segundo os media alemães, o alvo era um “aeroporto ou uma plataforma de transportes”.

A Alemanha sofreu dois ataques extremistas em julho, ambos levados a cabo por requerentes de asilo, em que morreram dois terroristas e 20 pessoas ficaram feridas.

A confirmação de que este suspeito é igualmente um sírio, chegado à Alemanha em 2015 e que obteve o estatuto de refugiado vem alimentar ainda mais as críticas contra a política de portas abertas decretada pela chanceler Angela Merkel no ano passado.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Clinton e Trump jogam ao ataque no segundo debate