Última hora

Em leitura:

Clinton e Trump jogam ao ataque no segundo debate


EUA

Clinton e Trump jogam ao ataque no segundo debate

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Tanto Donald Trump como Hillary Clinton jogaram ao ataque neste segundo debate para as presidenciais norte-americanas. As gravações em que Donald Trump se gabava de apalpar mulheres vieram irremediavelmente à baila. Hillary atacou e o candidato republicano respondeu lembrando episódios que se teriam passado quando Clinton era advogada e outros com as aventuras do marido Bill Clinton.

“Não são apenas as mulheres ou este vídeo que levantam questões sobre as capacidades de Trump para ser presidente. Ele ataca igualmente os imigrantes, os afro-americanos, os latinos, os deficientes, os prisioneiros de guerra, os muçulmanos e muitos outros. Esse é o verdadeiro Donald Trump”, disse Hillary Clinton.

O candidato republicano contra-atacou com o escândalo dos e-mails confidenciais enviados da conta privada de Hillary Clinton quando era secretária de Estado e que terá apagado depois de uma intimação judicial: “Se for eleito, vou pedir ao procurador-geral para nomear um procurador especial que investigue a sua situação. Porque nunca houve tantas mentiras, tantas falsidades, nada como o que se está a passar agora. As pessoas deste país estão furiosas, pessoas que trabalham há muitos anos no FBI estão furiosas”, disse Trump.

O republicano chegou a dizer que “se fosse presidente, Clinton estaria na cadeia”.

O debate centrou-se também em temas como o sistema de saúde. Clinton promete manter o plano de Obama e reparar o que está mal, Trump quer desmontá-lo. Trump promete cortar os impostos às empresas, Clinton diz que isso vai agravar a situação da classe média.

Quanto à situação na Síria, Donald Trump insiste na prioridade de derrotar o Daesh, enquanto Hillary Clinton apontou o dedo à proximidade entre o adversário e a Rússia de Vladimir Putin, principal aliado de Bashar el-Assad. Clinton insinuou várias vezes que a Rússia estaria a fazer campanha a favor de Trump.

Vários painéis de analistas e sondagens dos media dão Hillary Clinton como vencedora do debate:

Algumas reações no Twitter:

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Santos doa dinheiro do Nobel a famílias das vítimas