Última hora

Última hora

França inaugura primeira "sala de chuto"

Foi inaugurada, em Paris, a primeira “sala de chuto” oficial em território francês.

Em leitura:

França inaugura primeira "sala de chuto"

Tamanho do texto Aa Aa

Foi inaugurada, em Paris, a primeira “sala de chuto” oficial em território francês.

Depois de longo e árduo debate, a França junta-se finalmente à lista de países europeus, como a Alemanha, a Espanha ou a Noruega, que contam com salas de consumo assistido de drogas há vários anos.

A primeira instalação abre as portas ao público na próxima sexta-feira no hospital Lariboisière de Paris, por um período experimental de seis anos.

A presidente da Câmara da capital francesa, Anne Hidalgo, declarou-se “orgulhosa”, porque se trata de algo “útil para pessoas que vivem numa situação de desordem total e que têm agora uma porta aberta. Podem vir aqui, ser aconselhadas e acompanhadas na direção de uma vida que elimine as dependências e vícios de que padecem”.

A ministra francesa da Saúde, Marisol Touraine, precisou que “a sala de consumo supervisionado não sustitui as políticas existentes, mas visa pessoas que estão marginalizadas e que é preciso de alcançar de outra forma”.

Alvo de polémica, o projeto é contestado por vizinhos do hospital, que temem um aumento da criminalidade. Estrasburgo deverá, em breve, seguir o exemplo de Paris, com a abertura de uma “sala de chuto” no novo hospital civil da cidade.