Última hora

Em leitura:

Trump ataca Clinton com vídeo polémico


EUA

Trump ataca Clinton com vídeo polémico

ALL VIEWS

Clique para descobrir

O tema dos e-mails confidenciais enviados por Hillary Clinton voltou ao centro da retórica de Donald Trump, com o candidato republicano às presidenciais dos Estados Unidos a enfrentar cada vez mais deserções no seio do próprio partido e uma perda de terreno para a adversária, nas sondagens.

“O que os mails divulgados pelo Wikileaks confirmam é aquilo que sabemos desde o início: Que Hillary Clinton é um veículo de um sistema que está a minar o nosso país e a entregar a soberania da nação”, disse Trump.

A campanha de Trump lançou um novo vídeo em que realça as ameaças que o país enfrenta, como a Coreia do Norte ou os grupos radicais islâmicos. O vídeo apela mais uma vez à polémica. Além de mostrar as caras de vítimas do Daesh em execuções mostradas em vídeos de campanha do grupo terrorista (o que tem sido rejeitado pelos media de todo o mundo), é particularmente cruel para Hillary Clinton e realça os problemas de saúde da adversária.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Obama pede a americanos para rejeitarem o "lado obscuro" (ou seja, Trump)