Última hora

Última hora

Israel suspende cooperação com a UNESCO

Israel suspendeu a cooperação com a UNESCO, a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura.

Em leitura:

Israel suspende cooperação com a UNESCO

Tamanho do texto Aa Aa

Israel suspendeu a cooperação com a UNESCO, a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura.

Point of view

Com esta resolução absurda a UNESCO perdeu a pouca legitimidade que ainda lhe restava.

Benjamin Netanyahu Primeiro-ministro de Israel

A decisão de Telavive surge depois de aprovada, por um comité, uma resolução que nega o laço histórico milenar entre judeus e Jerusalém, proposta por países árabes.

Na terça-feira, será submetida ao conselho executivo da UNESCO, com sede em Paris, França.

O texto refere-se a Israel como um “poder ocupante”

Para o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, o documento representa o descrédito desta agência.

“Com esta resolução absurda a UNESCO perdeu a pouca legitimidade que ainda lhe restava. Acredito que a verdade histórica é mais forte e a verdade vai prevalecer”, refere o governante.

O texto diz querer “salvaguardar a herança cultural palestiniana e o caráter distintivo de Jerusalém Oriental”.

A deliberação surge seis meses depois da UNESCO ter adotado uma resolução sobre a mesquita de Al-Aqsa, em Jerusalém, que não mencionava o nome judeu do local, Monte do Templo.

A resolução foi aprovada com 24 votos favoráveis, seis contra e 26 abstenções, além de duas ausências.