Última hora

Em leitura:

BRICS querem impulsionar crescimento global


Índia

BRICS querem impulsionar crescimento global

Os líderes dos países emergentes dos BRICS, que englobam o Brasil, a Rússia, a Índia, a China e a África do Sul, estão reunidos, este fim de semana, no estado indiano de Goa, para discutir formas de impulsionar a economia e o crescimento global.

Na oitava reunião o grupo vai, ainda, discutir as alterações climáticas e a segurança regional, assim como o terrorismo internacional e o processo de paz na Síria.

À margem da cimeira, a Índia e a Rússia assinaram vários acordos nas áreas da energia e da defesa, reforçando os laços entre os dois aliados da Guerra Fria.

“A posição clara da Rússia sobre a necessidade de combater o terrorismo espelha a nossa. Agradecemos profundamente o apoio e a compreensão da Rússia das nossas ações para combater o terrorismo transfronteiriço que ameaça toda a nossa região”, afirma o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi.

O presidente russo, Valdimir Putin, sublinhou que a parceria entre Índia e Rússia vai além da área militar.

“A nossa cooperação, no domínio militar, é bastante bem sucedida. A Rússia não está só a vender armas e hardware à Índia, mas também, através das nossas parcerias, está a produzir os exemplos mais modernos de tecnologia de ponta”, informou.

Os cinco países que constituem os BRICS aglutinam cerca de 43% da população mundial e produzem cerca de 30% do Produto Interno Bruto do planeta, além de movimentarem 17% do comércio de todo o globo.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

França presta homenagem às vítimas do atentado de Nice