Última hora

Em leitura:

Haiti: Ban Ki-moon desiludido com comunidade internacional


Haiti

Haiti: Ban Ki-moon desiludido com comunidade internacional

O secretário-geral da ONU mostrou-se “desiludido com a resposta da comunidade internacional” à tragédia no Haiti.

Em visita a Port-au-Prince, a capital haitiana, Ban Ki-moon, mostrou-se perturbado com a “absoluta devastação” causada pelo furacão Matthew e afirmou estar a criar um fundo de ajuda às vítimas:

“Vamos mobilizar todos os recursos e apoio médico possível para, em primeiro lugar, prevenir e parar esta epidemia de cólera, em segundo, apoiar as famílias”, afirmou Ban Ki-moon.

A passagem do furacão pelo país matou, pelo menos 546 pessoas e fez mais de 175 mil desalojados. Mas, neste momento, há 1,4 milhões de pessoas a precisar de assistência urgente.

Uma tragédia que acontece quando o país não tinha ainda recuperado, totalmente, do devastador sismo de 2010 que matou mais de 200 mil pessoas.

Na altura a ajuda internacional que chegou ao país não foi bem gerida e acabou por não chegar, como devia, às vítimas da catástrofe.

As Nações Unidas pediram à comunidade internacional 120 milhões de dólares para ajudar o país que enfrenta a pior crise humanitária dos últimos 6 anos. Até agora foram angariados cerca de 12% dos fundos necessários.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Aumenta a tensão entre Iémen e EUA