Última hora

Em leitura:

Do Diwali ao Desert Trip: Festivais que marcaram o fim de semana


Cult

Do Diwali ao Desert Trip: Festivais que marcaram o fim de semana

Em parceria com

Na capital do Reino Unido celebrou-se, este fim de semana, a 15a. edição de um dos maiores festivais do calendário Hindu, o Diwali.
A cerimónia espiritual representa a vitória da luz sobre a escuridão, do bem sobre o mal. É o início do ano Hindu, mas também absorve outras práticas religiosas como o Jainismo, o Sikhismo e o Budismo.

O Mayor de Londres, Sadiq Khan, filho de imigrantes paquistaneses, participou nas comemorações e declarou a cidade multicultural.

“Há pessoas que querem duvidar as nossas comunidades. Há pessoas que querem virar hindus contra sikhs, muçulmanos contra cristãos, judeus contra jainistas. Iremos permitir que o façam? Eu acredito que a diversidade é uma força”, afirmou Sadiq Khan.

Os indianos que habitam no Reino Unido formam o maior grupo étnico-nacional, em Londres, com mais de meio milhão de pessoas (542.857 pessoas), o equivalente a 6,6 por cento da população total.

Do outro lado do Atlântico, na Califórnia, o festival Desert Trip, que decorreu nos dois últimos fins de semana, recebeu algumas das maiores lendas de rock dos anos sessenta e setenta, incluindo The Who, Bob Dylan, The Rolling Stones, Neil Young e Roger Waters.

Paul McCartney subiu ao palco no segundo fim de semana do festival, dia 15 de outubro. Entre outras músicas tocou “Hard Day’s Night” e “Got to Get You Into My Life”.

Os Rolling Stones deram o seu segundo concerto neste festival na sexta-feira, dia 14. “Get Off Of My Cloud” e “Jumping Jack Flash” foram algumas das músicas ouvidas.

Os preços dos bilhetes para o evento variavam entre os 199 dólares, cerca de 180 euros, por dia ou 1599 dólares, mais de 1400 euros, para um passe de três dias.

Apesar de não ser um festival para todos os bolsos, a maior parte dos 75 mil passes para ambos os fins de semana foram vendidos em apenas cinco horas, depois de terem sido colocados à venda em maio.

No total foram arrecadados cerca de 160 milhões de dólares, mais de 145 milhões de euros, convertendo o Desert Trip no festival de música mais lucrativo de sempre.

Os nossos destaques

Artigo seguinte

Cult

"As células" de Bourgeois no Museu de Arte Moderna de Louisiana