Última hora

Em leitura:

Refugiados oferecem "passeios turísticos" em Berlim


Alemanha

Refugiados oferecem "passeios turísticos" em Berlim

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Firas Zakri não é um guia turístico como os outros. Este refugiado sírio propõe aos visitantes um passeio pelas ruas de Berlim, mas a visita é muito diferente das habituais voltas pelas zonas mais turísticas da cidade.

Em 2015, estima-se que mais de um milhão de refugiados tenha chegado à Alemanha, naquela que é já considerada a maior vaga migratória deste século na Europa. Uma grande parte desses refugiados foge da guerra na Síria.

Estes passeios turísticos centram-se nos locais de Berlim onde vivem os refugiados e pretendem sensibilizar os visitantes para a situação.

A empresa que teve a iniciativa de os organizar começou por oferecer trabalho aos sem-abrigo berlinenses e conta agora também com quatro guias refugiados: “Começámos este ano este projeto sobre as histórias dos refugiados. O objetivo é abrir os olhos das pessoas para a história verdadeira de quem somos, na realidade”, conta Zakri.

Além do passeio pelas ruas de Neukölln e outros bairros com forte presença de imigrantes, os participantes ouvem, na primeira pessoa, as histórias de guerra e destruição que obrigaram pessoas como Firas a deixar o país natal e procurar um sítio na Europa para viver: “Queremos partilhar as nossas histórias e tentar mudar a mentalidade das pessoas, construir pontes entre as comunidades. Uma vez essas pontes construídas e a conexão feita, as pessoas olham-nos de maneira diferente.

Estes percursos estão a ter um sucesso tal que a empresa está à procura de mais refugiados para satisfazer a oferta. São cada vez mais os turistas que procuram conhecer as histórias que estes guias têm para contar. É o caso de Ana Carolina, brasileira de visita a Berlim: “Vi a cidade com outros olhos, pude ver a cidade da perspetiva de alguém que está aqui numa situação completamente diferente da minha. Vim cá como turista e ouvir a história deste homem, tudo aquilo por que passou. É muito interessante, muito inspirador para o futuro. Foi uma experiência fantástica”.

Com a chegada dos refugiados sírios, Berlim, em especial Neukölln, ganhou novas moradas de interesse: Restaurantes sírios, que atraem berlinenses, turistas, mas sobretudo muitos dos milhares de refugiados que a cidade agora acolhe.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Europa escreve novo capítulo da exploração de Marte