Última hora

Em leitura:

FIFA multa Federação Espanhola por transferências de menores


Desporto

FIFA multa Federação Espanhola por transferências de menores

Com EFE

A FIFA defendeu-se, esta terça-feira, da multa de 200 mil euros que impôs à Federação Espanhola de Futebol por causa das transferências internacionais de jogadores menores. A organização internacional diz que a multa se justifica, já que o importante é garantir o desenvolvimento dos jovens.

Os regulamentos da FIFA proíbem as transferências internacionais de menores, exceto em três casos: Quando os pais mudam para o país do clube contratador, por razões não relacionadas com futebol, no caso de transferências no interior da União Europeia, para os jovens de entre 16 e 18 anos, ou quando a residência do menor e a sede do clube ficam perto de uma fronteira comum.

Os clubes visados no processo, que foram também multados e proibidos de fazer transferências em dois mercados consecutivos, são o Real Madrid e o Atlético de Madrid. No caso do Real, as transferências em causa foram feitas entre 2005 e 2014. No caso do Atlético, de 2007 a 2014. Ambos os clubes recorreram da decisão, mas viram os recursos rejeitados. A Federação Espanhola tem agora seis meses para regularizar a situação e impedir novos casos destes.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

Desporto

Agnieszka Radwańska inicia defesa do título no masters com derrota