Última hora

Em leitura:

Austrália: Primeiro-ministro fala da tragédia do Dreamworld


Austrália

Austrália: Primeiro-ministro fala da tragédia do Dreamworld

Duas crianças sobreviveram ao acidente que matou quatro adultos num parque de diversões na região turística da Costa Dourada, Austrália.

A tragédia ocorreu ontem no parque Dreamworld, numa atração que imita um rio tumultuoso conhecida pelo nome de “Thunder Rapids “. A atração utiliza jangadas circulares rebocadas por um sistema de transporte sobre o rio artificial. Dois homens e duas mulheres morreram na colisão de duas destas embarcações .

A polícia de Queensland explica: “As circunstâncias em que estas duas crianças sobreviveram são miraculosas e ao que parece é inexplicável, ninguém sabe o que aconteceu. Nós estamos gratos por isso”.

Os sobreviventes, irmão e irmã com idade entres os 10 e os 12 anos, são filhos de uma das vítimas mortais, uma mulher.

O primeiro-ministro australiano, Malcolm Turnbull, fala de tragédia: “Os parques temáticos são um lugar de diversão em família de felicidade e não de tragédia, este é um evento muito, muito triste e trágico. Os nossos pensamentos e orações estão com as famílias daqueles que perderam a vida.”

Uma investigação foi iniciada para determinar as causas do acidente. Um sindicato afirma ter denunciado no passado as suas preocupações relativamente à segurança de algumas das atrações no Dreamworld, porém, em vão.

Segundo o jornal The Australian, uma série de problemas mecânicos tinham sido detectados no parque poucas horas antes deste acidente.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Brasil diz adeus a Carlos Alberto