Última hora

Em leitura:

Itália: fortes sismos atingem o centro do país


Itália

Itália: fortes sismos atingem o centro do país

Dois fortes terremotos atingiram o centro da Itália, quarta-feira, aterrorizando os habitantes ainda traumatizados com os sismos mortais que se registaram em agosto.

Até ao momento não há vítimas mortais.

Com o epicentro perto da cidade de Visso, o primeiro sismo atingiu a magnitude 5,4 na escala de Richter e foi registado às 19:10 locais (18:10 em Lisboa), a nove quilómetros de profundidade na área de Macerata.

Duas horas depois aconteceu o segundo abalo sísmico e atingiu a magnitude 6,2.

Os tremores de terra foram sentidos em quase todo o país.

Em Roma, cerca de 230 km a sudoeste do epicentro, palácios seculares abanaram e o Ministério dos Negócios Estrangeiros foi evacuado.

Na zona de Macerata, alguns edifícios antigos colapsaram. Mas os danos não têm a dimensão da destruição causada pelo grande sismo que, a 24 de agosto, devastou várias cidades e matou cerca de 300 pessoas na região de Amatrice, próxima de Macerata.

O fato de muitas pessoas terem vindo para a rua após o primeiro sismo e não estarem dentro de edifícios quando se deu o segundo abalo, pode ter contribuído para que só haja o registo de pouco mais de uma dezena de feridos.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Síria: escola atingida em raide áreo na província de Idlib