Última hora

Em leitura:

Gonzalo Huguaín, herói e traidor


the corner

Gonzalo Huguaín, herói e traidor

A Juventus é cada vez mais líder na Liga Italiana, depois da partida de sábado contra o Nápoles. Um jogo que foi resolvido pelo ex-napolitano, Gonzalo Higuaín, considerado um traidor pelos adeptos da sua antiga equipa.

A Vecchia Signora corre em direção ao hexacampeonato. No sábado a Juventus recebeu o Nápoles e não enjeitou a ocasião de cavar a diferença. A turma de Turim adiantou-se no marcador ao minuto 50 por Leonardo Bonucci mas quatro minutos depois o ex-madridista José Callejon empatou a partida. A igualdade seria desfeita por Gonzalo Higuaín ao minuto 71. O argentino que se transferiu no defeso por 90 milhões de euros, depois de três temporadas na cidade do sul, não celebrou o tento e pediu desculpa aos adeptos napolitanos. A Juventus lidera o Calcio com 27 pontos à 11ª jornada.

Ases e aselhas

Gonzalo Higuaín merece uma nota positiva. O argentino esteve em destaque na partida de Turim pelo golo decisivo e pela atitude de respeito que demonstrou. Afinal foi ao serviço do Nápoles que entrou para a história como o melhor marcador do Calcio com 36 realizações numa temporada.

Claudio Marchisio também esteve em destaque pela positiva. Ao fim de seis meses no estaleiro o médio italiano entrou no terreno aos 68 minutos e pôs em campo a maestria que faltava ao meio-campo bianconeri.

Já o defesa-esquerdo argelino do Nápoles, Faouzi Ghoulam, teve um desempenho completamente desastroso ao servir os adversários nos dois golos da Juventus.

Os nossos prognósticos

Esta semana joga-se a quarta ronda da fase de grupos da Liga dos Campeões. Aqui ficam os nossos prognósticos para 3 desafios. Se não quer fazer prognósticos só no final do jogo, envie-nos os seus através das redes sociais em #TheCornerScores.

Manchester City 2 – 2 Barcelona
PSV Eindhoven 0 – 3 Bayern Munich
Besiktas 1 – 2 Nápoles