Última hora

Em leitura:

Mercados agitados com nova investigação aos e-mails de Clinton


mercados

Mercados agitados com nova investigação aos e-mails de Clinton

Os mercados continuavam nervosos, esta segunda-feira, depois da notícia, no final da semana passada, que o FBI abriu uma nova investigação a e-mails Hillary Clinton, quando a candidata presidencial democrata era secretária de Estado.

Wall Street abriu com o Dow Jones a valorizar 0,1%. Na Europa, as principais praças financeiras negociavam em terreno negativo ao início da tarde.

Segundo um analista do Baader Bank, o resultado das “eleições presidenciais ficou um pouco mais em aberto, com Trump a ganhar terreno por causa do caso dos e-mails de Clinton”. A vitória de Clinton ainda é esperada, mas a corrida está mais apertada e “a incerteza sente-se”, nomeadamente na bolsa de Frankfurt.

Na sexta-feira, o FBI anunciou uma investigação sobre o eventual uso de informação classificada por parte de Hillary Clinton em e-mails trocados através de um servidor privado instalado na casa da então secretária de Estado norte-americana.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mercados

Deutsche Bank ofusca multa milionária com lucros surpreendentes