Última hora

Em leitura:

Reserva Federal mantém política financeira à espera do novo presidente dos EUA


Economia

Reserva Federal mantém política financeira à espera do novo presidente dos EUA

A Reserva Federal decidiu manter inalteradas, para já, as taxas de juro de referência para o setor bancário dos Estados Unidos.

A menos de uma semana das presidenciais norte-americanas e no final de dois dias de reunião, o organismo liderado Janet Yellen decidiu manter a taxa entre os 0,25 e os 0,5 por cento, tal como decidido na anterior reunião realizada em setembro.

Para o analista Jeremy Strecht é fundamental, “em primeiro lugar, esperar pelos resultados da eleição”. “Como é óbvio, não podemos descurar os efeitos da eleição nas políticas da Reserva Federal mesmo que a FED sugira ser alheia à política. Mas, claro, olhando aos dados, diria que existem condições suficientes para impulsionar as taxas de juro mais um quarto de ponto”, referiu o responsável da FX Strategic.

Também com os dados do emprego nos Estados Unidos a serem divulgados apenas sexta-feira, a decisão da FED de não alterar a taxa de juro terá tido por base sobretudo a proximidade de uma decisão cada vez mais imprevisível para a liderança da maior economia mundial: as presidenciais norte-americanas.

As eleições estão marcadas para terça-feira, 8 de novembro. Hillary Clinton tem liderado na maioria das sondagens, mas tem vindo a perder terreno e numa das últimas consultas Donald Trump, um crítico confesso da presidente da FED, surgiu mesmo à frente da candidata democrata.

A próxima reunião do Comité Federal do Mercado Aberto, que define a política financeira da FED, está marcada para 13 e 14 de dezembro e só aí, já com um novo presidente em mudanças para a Casa Branca, o regulador bancário norte-americano deverá alterar as taxas de juro.