Última hora

Em leitura:

Voo MH370 da Malaysia Airlines caiu sem intervenção humana


Malásia

Voo MH370 da Malaysia Airlines caiu sem intervenção humana

O voo MH370 da Malaysia Airlines desaparecido há mais de dois anos despenhou-se no Oceano Índico sem intervenção humana, segundo um relatório do centro de coordenação de buscas (JACC), baseado na Austrália.

A aeronave terá caído a alta velocidade depois de ter ficado sem combustível, informou a agência australiana esta quarta-feira.

O Boeing 777 desapareceu dos radares cerca de uma hora depois de descolar de Kuala Lumpur com destino a Pequim, a 8 de Março de 2014, com 239 pessoas a bordo. Até hoje estão por apurar as causas do acidente.

As busca lideradas pela Austrália concentram-se numa vasta zona de 120 mil quilómetros quadrados, no Oceano Índico. Foram percorridos já três quartos desta área, sem resultados. Se nenhum indício for encontrado depois de investigada toda a zona de buscas, esta não será alargada.

Em agosto de 2015 foi encontrado na ilha de Reunião, um fragmento de cerca de dois metros da asa do avião (uma parte designada por “flaperon” que é usada para gerir a descolagem e também funciona como leme, com uma inscrição de um número parcial: 657BB).

O centro de coordenação de buscas anunciou em março de 2016 que destroços encontrados em Moçambique deveriam ser examinados na Austrália por especialistas australianos e malaios e peritos da Boeing, para identificar a sua proveniência.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

EUA

Sondagem dá vantagem a Trump