Última hora

Em leitura:

Líder do Estado Islâmico apela a jihadistas para resistirem em Mossul e atacarem cidades não crentes


Iraque

Líder do Estado Islâmico apela a jihadistas para resistirem em Mossul e atacarem cidades não crentes

Hot Topic Saiba mais sobre Mossul

O líder do grupo radical autointitulado Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, terá sido o autor de uma mensagem áudio, difundida esta quinta-feira, onde é feito um apelo para que os combatentes radicais islamitas resistam em Mossul, contra as tropas iraquianas que tentam recuperar a cidade.

Na mensagem, que é a primeira de Baghdadi em mais de um ano, também é dito aos jihadistas para invadirem a Turquia e realizarem atentados contra as cidades não crentes.

As forças especiais iraquianas, depois de resgatarem a zona de Gogjali, onde fazem uma limpeza casa-a-casa, esta quarta-feira, continuavam a avançar na missão de recuperar Mossul, a última grande cidade iraquiana em poder do grupo Estado Islâmico.

A batalha por Mossul começou a 17 de outubro, com o apoio aéreo e terrestre de uma coligação liderada pelos Estados Unidos, e apresenta-se como a maior batalha iraquiana desde a invasão liderada pelos norte americanos em 2003.

Com a chegada das tropas de elite iraquianas a Mossul, os moradores começam a sair das casas onde viviam escondidos.

Apesar dos progressos dos militares iraquianos, os tiros de snipers e morteiros disparados por jihadistas continuam a ser um risco.

A cidade de Mossul tem uma população de 1,5 milhão de pessoas, muito mais do que qualquer das outras cidades capturadas pelo Estado Islâmico no Iraque e na vizinha Síria.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Aumenta a tensão entre Iraque e Turquia.