Última hora

Última hora

Obama ataca Trump por desrespeitar as mulheres e ter o apoio do Ku Klux Klan

Com o aproximar do dia das eleições presidenciais, o ambiente nos Estados Unidos está cada vez mais quente.

Em leitura:

Obama ataca Trump por desrespeitar as mulheres e ter o apoio do Ku Klux Klan

Tamanho do texto Aa Aa

Com o aproximar do dia das eleições presidenciais, o ambiente nos Estados Unidos está cada vez mais quente. No Mississípi, uma igreja batista ardeu e nas paredes ficou a inscrição “Vota Trump”.

No campo Democrático, o presidente norte-americano, Barack Obama, foi à Carolina do Norte fazer campanha por Hillary Clinton, e atacou Trump por desrespeitar as mulheres e ter o apoio do Ku Klux Klan

“Se desrespeitas as mulheres antes de seres eleito presidente, vais desrespeitar as mulheres quando ocupares o cargo. Se aceitas o apoio dos simpatizantes do Ku Klux Klan, e hesitas quando te questionam sobre esse apoio, então vais tolerar esse apoio quando ocupares o cargo,” afirmou Barack Obama

Numa rara visita ao Arizona, Hillary Clinton deu um espetáculo de confiança pouco usual num Democrata.

Tal como o seu rival, Hillary está numa missão de conquistar os Estados que podem ser decisivos.

Em Pensacola, na Florida, o candidato presidencial Republicano, Donald Trump, disse aos apoiantes que as sondagens mostravam que era ele quem estava na frente.e atacou Hillary Clinton dizendo que ela esta perturbada.

“Dentro de seis dias vamos ganhar o grande estado da Flórida e vamos ganhar a Casa Branca. Direto ao assunto, Donald. Simples e fácil. Tenho olhado para a Hillary nos últimos dias. ela está completamente perturbada. Nós não queremos nada disso. Ela está completamente desestabilizada,” declarou Donald Trump

A cinco dias das eleições, mais de 27 milhões de pessoas já votaram antecipadamente.

Os eleitores depositaram nas urnas mais 6,7 milhões de votos antecipados que no mesmo período de 2012, segundo os analistas de dados da empresa Catalist.