Última hora

Em leitura:

Síria: Intensificam-se combates em Alepo a poucas horas da "pausa humanitária"


Síria

Síria: Intensificam-se combates em Alepo a poucas horas da "pausa humanitária"

As fortes explosões na zona oeste de Alepo, na Síria, repetiram-se durante esta quinta-feira. Pelo menos 15 pessoas morreram e 120 ficaram feridas vítimas dos rebentamentos nesta parte da cidade controlada pelo governo sírio. De acordo com as informações avançadas pelas agências internacionais, as explosões foram provocadas por pelo menos três carros armadilhados.

Estes ataques fazem parte da resposta dos grupos rebeldes à ofensiva do exército de Bashar al-Assad apoiado pelas tropas russas no terreno.

Entretanto este intensificar dos combates acontece depois do exército de Moscovo ter anunciado para esta sexta-feira o que chamou de “pausa humanitária”. Esta espécie de trégue deve durar 10 horas, das 9 da manhã às 19. Sergéy Rudskoy explicou que vão ser abertos corredores pra que os combatentes armados possam abandonar a cidade. Um deles será aberto em direção à fronteira com a Turquia, outro em direção a Idlib. Haverá também autocarros e ambulâncias para retirar doentes e feridos.

Mas Idlib não é uma zona mais pacífica. Controlada pelas milícias rebeldes, a província foi palco de vários bombardeamentos: pelo menos 10 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Bélgica

Bélgica aceita extraditar Mehdi Nemmouche para França